quarta-feira, 21 de abril de 2010

Autor Desconhecido

O minuto que passa pode ser tudo que me
resta pra viver, mas eu desperdiço o
tempo como se ele fosse infinito.
Penso,logo sei,que existir é apenas uma circunstância.

2 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

A sensação de eternidade que nos acompanha, muitas vezes não nos deixa perceber, que nossa unica certeza, é este exato momento!
beijos

Rodrigues Bomfim disse...

Então é um desvalido.. qndo não há destino, existem apenas circunstâncias e os Limites deixaram de existir juntamente com o controle das emoções...De repente não há nem livre-arbítrio!

Gostei..parabéns pelo blog!!
Bjs.