terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Eugénio Andrade



"É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.

É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.

É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.

Cai o silêncio nos ombros e a luz
impura, até doer.
É urgente o amor, é urgente
permanecer."
Imagem: Elisabeth Taylor, google.

2 comentários:

apenasumolhar disse...

"É urgente o amor, é urgente
permanecer."
Gostei do texto que postou, principalmente desta parte.
Dois beijos,

No Palco da Vida disse...

É urgente amar a quem o ama, é urgente deixa a ilusão do amor de lado, pois isso é sofrer.
Em poucas palavras se vê a Verdade;.;
Beijos Mari