quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Lya Luft



Hoje eu sou esses versos de Lya Luft:


" ... Estou no coração de um ciclo que se fecha, eu sou o mar, com peixes e medusas, sou a viagem também. Não há garantias, não existe segurança. Alguma vez é preciso a audácia de se jogar, de delirar... "


2 comentários:

Deisy disse...

eu amo essa musika do cazuza...

muito legal teu blog
se quiser de uma passadinha no meu...

bjim

Gl@uX-ray disse...

Conheci Lya Luft essa semana vc acredita? Que passei minha vida, até agora, sem conhacer essa mulher maravilhosa...
E hj estou vendo essa postagem com ela fiquei muito feliz!
Passa lá no meu que postei uma dela tbm.

Beijos!