terça-feira, 4 de agosto de 2009

Frida Kahlo


"...Algum tempo atrás, talvez uns dias, eu era uma moça caminhando por um mundo de cores, com formas claras e tangíveis. Tudo era misterioso e havia algo oculto; adivinhar-lhe a natureza era um jogo para mim. Se você soubesse como é terrível obter o conhecimento de repente - como um relâmpago iluminado a Terra! Agora, vivo num planeta dolorido, transparente como gelo. É como se houvesse aprendido tudo de uma vez, numa questão de segundos. Minhas amigas e colegas tornaram-se mulheres lentamente. Eu envelheci em instantes e agora tudo está embotado e plano. Sei que não há nada escondido; se houvesse, eu veria..."

2 comentários:

Ana Coutinho disse...

é... crescer dói um bocado. é estranho ver o mundo mudando, é complicado mudar junto com o mundo.

amei o blog! acabas de ganhar uma fã!

Marta Vasil disse...

Uma pausa nas férias... e apenas de passagem para desejar aos meus amigos um óptimo fim de semana.

beijinho