sábado, 4 de abril de 2009

Camões

"(...)
Que dias há que na alma me tem posto
Um não sei quê, que nasce não sei onde,
Vem não sei como, e dói não sei porquê.
...porque o amor é assim mesmo...
Sente-se... apenas."

Um comentário:

Marta Vasil disse...

Mary

Assim é o amor... aqui dito na boca de um grande poeta.

Beijinho e boa tarde de Domingo

MV